Adrianè Muller

Compositora, cantora e violonista gaúcha, Adrianè Muller desenvolveu o gosto pela música ainda na infância. Mas foi com o amadurecimento que revelou seu talento musical, influenciada pela bossa nova, jazz e blues. Estudou técnica vocal com Gisa Volkmann; integrou corais; cantou em trilhas para teatro infantil; participou de festivais de música, trilha incidental para o espetáculo Eu e Tu de Cibele Sastre. 


Em 83, Adrianè dá os seus primeiros passos no universo da composição. Em 86, se torna parceira de Mônica Tomasi. De lá pra cá, participou de projetos importantes, como o do músico Felipe Azevedo, que mais tarde, torna-se o produtor do primeiro show autoral da cantora,  “Enfim” em 2000.

 

Em 2006, o lançamento do CD Origami, financiado pelo FUMPROARTE, consolida as fases do processo artístico de Adrianè Muller e revela referências visuais e emocionais do universo da compositora. Merece destaque o Tema para Lokua Kanza, canção composta em 2003, que pôde ser apresentada ao homenageado e atual amigo de Adrianè, em uma passagem do artista congolês por Porto Alegre alguns meses antes do lançamento do trabalho autoral da cantora. 

 

1/7

Quatro dias antes do lançamento do cd, Adrianè encontra Nelson Motta na radio Guaíba AM em plena Feira do Livro e o presenteia com o cd Origami. Encontro este, que rendeu uma resenha no site Sintonia Fina www.sintoniafina.com.br e a música Beijo na Boca toca no programete diário de Nelson Motta, Sintonia Fina na rádio Itapema FM.


O Origami é o fruto da manipulação de elementos acústicos e eletrônicos idealizados e muito bem executados pelo produtor musical Everton Rodrigues. Com uma sonoridade singular, este trabalho sintetiza a criação ao longo de 20 anos de uma compositora que revela intimidade com o campo literário e apresenta uma poesia melancólica em suas músicas.


Em 2007, Adriane volta à cena musical com o show Origami Acústico apresentando-se em duas datas no Teatro de Arena. E fecha o ano com uma apresentação na Casa Elétrica, através do projeto Ensaio Aberto. No ano de 2008, Adrianè participa do show da Banda Na Vereda no Teatro de Arena. Em 2009, têm duas músicas suas inseridas na minissérie Quatro Destinos da RBS TV, canções do CD Origami, Tema para Lokua Kanza e Um Crime a Dois. Realizada em abril de 2009 o projeto música autoral no Teatro de Arena Origami solo com participação de Terence Veras, violões e participação especial de Paulo Rosa nos vocais.

 

(...) Influenciada por jazz, bossa nova e blues, a Adriane faz uma música inspirada e bem acabada tendo gravado seu primeiro CD no capricho. Tem até um trio de violino-viola e cello, integrado a sonoridades acústicas e eletrônicas equilibradas com muito bom gosto. Uma boa amostra do talento da garota é essa Beijo na boca, deliciosa como... um beijo na boca... NELSON MOTTA

 

 

  • Facebook - Black Circle
  • SoundCloud - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Fone:(51) 99938 1662

 

Email:

contato@adrianemuller.com